Colégio Polivalente de Camaçari recebe palestra do presidente Marcelo Nilo


Na próxima quarta-feira (12), o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Marcelo Nilo, vai até o centro da cidade de Camaçari para um encontro com os alunos do Colégio Estadual Polivalente. Dando continuidade ao projeto iniciado em Maio, o presidente ministrará uma palestra sobre Reforma Política e explicará o funcionamento do Legislativo baiano. O evento terá início às 10h, no auditório da escola, e é destinado aos alunos que estão se preparando para prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Essa é a primeira escola de Camaçari a receber a palestra de Nilo. Marcado pela tradição do modelo Polivalente, o colégio foi fundado na década de 70 e, até os dias de hoje, é referência na educação pública da Bahia. O evento é interativo e promoverá debates entre o presidente e os alunos, incentivando o interesse dos jovens pela política. “Os jovens são agentes da transformação que o nosso estado e nosso país necessitam”, afirmou Nilo, destacando a importância do encontro. “Hoje são estudantes, mas amanhã, formados, farão parte da construção de um mundo melhor”, completou.

Ao final do encontro, uma atividade interdisciplinar será desenvolvida com o apoio dos professores da instituição. Os alunos que desenvolverem as melhores redações sobre os temas apresentados serão premiados com kits da Coleção Gente da Bahia, da Alba Edições, que traz perfis de personalidades da história baiana.

Sobre as escolas Polivalentes:
O modelo das escolas Polivalentes foi implantado no Brasil através de um acordo entre o Ministério da Educação e Cultura (MEC) e a Agência Norte Americana Para o Desenvolvimento Internacional (USAID) na década de 70. A Escola Polivalente de Camaçari foi fundada junto a outras 25 unidades espalhadas pela Bahia. A proposta desse modelo de escola era preparar os jovens para o mercado de trabalho e para a vida, ensinando não apenas as disciplinas básicas, como também atividades técnicas, com práticas industriais, domésticas e agrícolas.

Related Posts

0 comentários: