Alunos de Moçambique visitam obra do rio Camaçari - Noticias, Eventos e Entretenimento!

Breaking

terça-feira, dezembro 10, 2013

Alunos de Moçambique visitam obra do rio Camaçari


Camaçari recebeu nesta terça-feira (10/12) a visita de 20 alunos do curso de mestrado em Arquitetura e Urbanismo, da Faculdade Eduardo Mondlane, em Maputo, capital de Moçambique. Acompanhado da coordenadora do curso, Ana Anjos, e da diretora adjunta do Conselho Municipal de Maputo, Teresa Chissequere, o grupo veio conhecer as obras de urbanização integrada da bacia do rio Camaçari, considerada pelo governo federal uma das intervenções mais significativas do PAC 2.
A escolha se deu em função das semelhanças entre a obra e o projeto de Cooperação Técnica Trilateral firmado entre os governos do Brasil, Itália e Moçambique em favor da cidade africana. Além de Camaçari, a comitiva conheceu outras obras executadas pelo governo federal nas cidades de São Paulo, Rio de janeiro, Belo Horizonte e Salvador.   
Durante o encontro, realizado no auditório 1 da Cidade do Saber, o prefeito Ademar Delgado declarou que Camaçari está honrada em receber a visita ilustre dos moçambicanos e por saber que é tida como referência nacional em políticas de intervenção urbanística, sendo equiparada a grandes capitais do Brasil.  
De acordo com o representante da Agência Brasileira de Cooperação (ABC), do Ministério das Relações Exteriores, André Galvão, o objetivo da visita é conhecer as políticas de intervenção urbanísticas ambientais e socioeconômicas aplicadas nos assentamentos informais existentes no Brasil para que, ao retornarem, os estudantes possam apoiar o governo municipal de Maputo, na construção de uma política habitacional mais justa para a população.
Na ocasião, a diretora adjunta do Conselho Municipal de Maputo, Teresa Chissequere, agradeceu, em nome dos alunos, a oportunidade de aprendizagem e troca de experiências, especialmente por interagir com situações reais de intervenção em assentamentos precários e observar as soluções e adaptá-las à realidade de Moçambique.    
Após a apresentação do projeto social e de engenharia das obras do Programa Municipal de Urbanização Integrada da Bacia do Rio Camaçari, os alunos de Moçambique visitaram trechos da obra, que vão da Cidade do Saber à avenida Rio Camaçari, no bairro Dos 46, e os que estão em execução nos bairros Phoc II e Burissatuba.
Por fim, a comitiva visitou o empreendimento Residencial Chácara Santo Antônio, construído pelo programa Minha Casa, Minha Vida, no bairro Lama Preta, destinado ao reassentamento das famílias que moravam em áreas de risco, próximas às margens do rio Camaçari, ou de proteção ambiental.
Durante a visita às obras, o estudante Terenciano Sebastião ficou admirado com o trabalho social e com a seriedade das pessoas envolvidas no programa de urbanização do rio Camaçari. Ele destacou a importância do acompanhamento social após as intervenções, para não haver novas ocupações irregulares, como muitas vezes acontece em Moçambique.   
A delegação de Moçambique foi recepcionada pelos secretários da Habitação, João Bosco Quirelli, do Desenvolvimento Econômico, Djalma Machado, do Governo, Sergio Paiva, e de Relações Institucionais, Anderson Santos.
Marcaram presença também a coordenadora social da Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades, Elzira Leão, o assistente executivo da matriz da Caixa, em Brasília, Bruno Yamaoka, e a coordenadora do Trabalho Técnico Social da Caixa de Salvador, Patricia Britto, além de representantes das empresas Hydros, gerenciadora da obra do Rio Camaçari, e Hollus, responsável pelo trabalho social.    


Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here