Cadastro de ambulantes para o Camaforró 2013 - Noticias, Eventos e Entretenimento!

Breaking

segunda-feira, maio 06, 2013

Cadastro de ambulantes para o Camaforró 2013




O cadastramento de barraqueiros e ambulantes que vão trabalhar no Camaforró 2013 segue até o dia 17 de maio. A primeira pessoa a realizar o cadastro como vendedora ambulante foi a moradora do bairro Verdes Horizontes, Telma de Jesus. “Vou aproveitar o Camaforró para vender bebidas e conseguir uma renda extra”, contou.
Um dos primeiros barraqueiros a realizar o cadastramento foi Florisvaldo da Hora. Ele, que trabalha na festa há 10 anos, espera superar as vendas dos anos anteriores com o comércio de bebidas e a tradicional feijoada do Fubuia. O aposentado aproveitou para ressaltar que o atendimento está tranquilo.
Iniciado nesta segunda-feira (06/05), o cadastramento de ambulantes e vendedores acontece no setor de Licenciamento e Fiscalização da Sesp, na rua Lateral de Dentro, s/n, Jardim Limoeiro, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Enquanto o cadastro de barraqueiros ocorre na Casa do Trabalho, das 8h às 12h e das 13h às 17h.
No total, são disponibilizadas 180 barracas para os comerciantes trabalharem no Espaço Camaçari, local em que acontece o Camaforró entre os dias 22 e 24 de junho. Os ambulantes vão trabalhar na área externa, entre o Clube Social e Desportivo de Camaçari e o posto de combustível instalado ao lado da área da festa. Eles serão identificados com crachá e camisas padronizadas e vão dispor de uma área de um metro e meio, devidamente numerada.
De acordo com a Sedur (Secretaria do Desenvolvimento Urbano), inicialmente são cadastrados os barraqueiros que atuam na festa há mais de cinco anos. Para isso, são analisados os cadastros anteriores feitos pela Secretaria. Caso existam barracas disponíveis, novos comerciantes serão convocados para fazer o cadastramento. As barracas disponibilizadas pela Prefeitura dispõem de ponto de água, luz e um chuveiro.
Até o final da manhã desta segunda-feira (06/05) foram realizados cerca de 40 cadastramentos de barraqueiros e 10 de ambulantes. O objetivo da iniciativa é ordenar o comércio durante os festejos juninos, de forma a garantir o uso correto do solo na área onde ocorre a festa, além de viabilizar mais espaços para a circulação do público com segurança.
DOCUMENTOS
Para efetuar o cadastro, os ambulantes e barraqueiros precisam apresentar RG, CPF e comprovante de residência atualizado. Além disso, é necessário efetuar o pagamento de uma taxa de acordo com o ramo do comércio. Para ambulantes, baianas de acarajé e pula-pula o valor equivale a R$ 24,78, enquanto os barraqueiros devem pagar a taxa de R$ 177,23.
O DAM (Documento de Arrecadação Municipal) é gerado após a finalização do cadastro e deve ser pago no Banco do Brasil da CAM (Central de Atendimento Municipal) da sede.
Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here