Novembro Negro - Noticias, Eventos e Entretenimento!

Breaking

sábado, novembro 17, 2012

Novembro Negro




As ações do projeto Novembro Negro prosseguem neste sábado (17/11), às 16h, com uma aula show cujo tema é Negro, a raiz da liberdade. A iniciativa acontece no Teatro Alberto Martins e será apresentada pelo grupo político-cultural de Camaçari, Candeeiro Urbano.
No dia 20 de novembro (terça-feira), data em que é comemorado o Dia da Consciência Negra, a Prefeitura, através da Secin (Secretaria da Cidadania e Inclusão), promove uma feijoada no Espaço Conviver ao meio-dia. Às 14h, será realizada uma caminhada do Centro Administrativo à Praça Desembargador Montenegro.
Na sexta-feira (16/11), as atividades do Novembro Negro foram abertas com a palestra As cotas e as suas consequências, ministrada por Valdir Estrela, no Teatro Alberto Martins. Integrante da Unegro (União de Negros pela Igualdade), o palestrante discorreu sobre o sistema de cotas raciais na sociedade moderna e as implicações para a população. Ao final da explanação, foi aberto o debate.
A iniciativa contou com a participação de integrantes de diversos segmentos da sociedade civil organizada de Camaçari. Após a palestra, eles assistiram a um espetáculo artístico e cultural do grupo de dança folclórica, Ala Ketu.
“Acho importante que ações como estas sejam realizadas no Município. Sempre faço questão de participar, pois projetos assim contribuem para elevar o nível de consciência das pessoas e possibilitam que o povo se expresse”, comentou, o músico Ailton Oliveira, 28 anos.
O Novembro Negro visa mobilizar a comunidade no que diz respeito ao combate à descriminação racial no Município. “Este é o momento de reafirmar a luta contra todo tipo de descriminação racial”, frisou o secretário da Cidadania e Inclusão de Camaçari, Carlos Silveira. Ele ainda observou que o governo municipal tem avançado muito na criação de políticas afirmativas para a população negra.
O titular da Coopir (Coordenação da Promoção da Igualdade Racial), Ives Pires, ressaltou que o momento é bastante propício para refletir sobre as conquistas e os benefícios alcançados nos últimos anos. Ele ainda lembrou que é bom estimular a população a se engajar nos movimentos sociais, “pois são instrumentos que permitem o governo conhecer as reais necessidades das pessoas”.
As atividades do projeto Novembro Negro em Camaçari são realizadas através de parceria entre a Secin e a Seduc (Secretaria da Educação), além de contar com o apoio do Coletivo de Desenvolvimento da Comunidade Negra Camaçariense.




Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here