Concerto homenagiou Bahia e Angola




A convergência cultural entre Bahia e Angola, através de elementos como a música, a dança e o idioma, foi a tônica do concerto África visita África apresentado pela Orquestra Sinfônica Popular Brasileira de Camaçari na noite de quarta-feira (31/10).
A apresentação realizada no Teatro da Cidade do Saber contou com a participação dos artistas angolanos Dodô Miranda e Wyza, além da cantora baiana Jussara Silveira e do cantor e compositor Roberto Mendes.
Regido pelo maestro Bira Marques, o espetáculo integra o projeto África visita África, que tem como conceito promover a integração entre países de origem africana, no caso, Brasil e Angola, no sentido de destacar os pontos em comum, assim como ressaltar novos aspectos das referidas nações.
No repertório, 10 composições em português e em kimbundu, uma das línguas africanas faladas em Angola, ilustraram a proposta do fotógrafo, produtor e publicitário Sérgio Guerra, idealizador e diretor do projeto. As duas primeiras composições, Antakarana e Hereros, foram apresentadas apenas pelos 50 músicos da orquestra.
Para abrir a noite de participações especiais, subiu ao palco do teatro o compositor e cantor Dodô Miranda. A performance do artista foi destacada pela potência vocal.
Já o irreverente Wyza, um dos principais nomes do cenário musical de Angola, assim como Dodô, mostrou toda a sua musicalidade nas peças cantadas e nos passos de dança africana. “Vejo muitos pontos em comum entre a Bahia e a Angola, como o comportamento das pessoas, alimentação e a música. Por isso, me sinto à vontade em participar deste projeto”, afirmou.
A suavidade da voz da cantora baiana Jussara Silveira deu um toque a mais de sofisticação e elegância ao concerto. “É uma honra participar desta apresentação, sobretudo por ter essa ligação com a Angola por meio da língua portuguesa, pela qual tenho muito interesse e afeto”, salientou a artista, que lançará no final de novembro o CD Flor Bailarina, Canções de Angola, elaborado com músicas de compositores angolanos.
As participações dos artistas foram incrementadas pelo trio de backing vocals, Tâmara Pessoa, Raquel Monteiro e Nara Couto. Além disso, o espetáculo foi marcado também por um número especial com o cantor, compositor, instrumentista e arranjador santoamarense, Roberto Mendes. Todo o concerto foi filmado e alguns trechos farão parte de um documentário que integra o projeto África visita África.
Antes de subir ao palco, Jussara Silveira disse estar encantada com os trabalhos desenvolvidos pela Cidade do Saber e destacou a formação da Orquestra Sinfônica Popular Brasileira de Camaçari. “Tenho orgulho de saber que na Bahia é realizado um trabalho como este, que contribui para tirar as pessoas das ruas. Isso me comove”, frisou. Ela ainda comentou que no Rio de Janeiro existe um projeto semelhante a ser aplicado nas escolas. “Camaçari está na frente, aqui a iniciativa já é uma realidade”, parabenizou.
PROGRAMAÇÃO
O concerto África visita África é o quinto da temporada 2012, que contará ainda com duas apresentações. Uma delas será realizada até dezembro e contará com a participação de um convidado surpresa.
Segundo o regente da Orquestra Sinfônica, Bira Marques, está programado também um concerto de final de ano com a Orquestra Sinfônica Jovem, resultado do programa de Iniciação Musical executado pela Prefeitura, através da Seduc (Secretaria da Educação), que contempla alunos de escolas da rede municipal de ensino.





Related Posts

0 comentários: