Prefeito visita construção de obras dos condomínios Residencial Caminho do Mar 1, 2 e 3 - Noticias, Eventos e Entretenimento!

Breaking

quarta-feira, junho 27, 2012

Prefeito visita construção de obras dos condomínios Residencial Caminho do Mar 1, 2 e 3






A construção da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Arembepe foi aprovada pelo Ministério da Saúde. O anúncio foi feito pelo prefeito Luiz Caetano, durante visita, na manhã desta quarta-feira (27/06), às obras dos condomínios Residencial Caminho do Mar 1, 2 e 3, primeiro empreendimento do programa Minha Casa, Minha Vida 2. O prefeito esteve acompanhado do secretário de Relações Institucionais, Djalma Machado.
Situados na BA-530, conhecida como Estrada da Cetrel, os três condomínios terão 1.500 habitações com possibilidade de expansão para três mil unidades.
Ao conhecer o projeto habitacional e verificar o andamento das obras, Caetano ficou impressionado, principalmente com a estrutura e qualidade da construção. “Além disso, os condomínios estão bem localizados, em uma área estratégica, próxima do mercado de trabalho e das belas praias do Município”, observou o prefeito.
Na avaliação do gestor municipal, os empreendimentos do Minha Casa, Minha Vida trazem um imenso valor agregado e contribuem para o desenvolvimento social. “Além disso, a moradia é mais barata do que um aluguel, uma vez que o contemplado pagará prestações que variam de R$ 50,00 a R$ 160,00, por um período de 10 anos”, frisou Caetano.
Ele ainda informou que apesar da conclusão da obra está prevista para junho de 2013, a administração municipal está preparada estrategicamente e planeja a instalação de equipamentos públicos para atender os mais de 5 mil novos moradores da região, a exemplo da implantação de uma USF (Unidade de Saúde da Família) e da ampliação do Centro Educacional Senhor dos Pássaros, situada próximo às habitações.
Outro aspecto importante do empreendimento é o fato de que a construção de novas habitações contribui para o crescimento do Município, principalmente na área de geração de emprego, ressaltou o secretário de Relações Institucionais, Djalma Machado. Atualmente, a obra emprega 550 pessoas, sendo 90% moradores de Camaçari. A previsão é ampliar a oferta de emprego para 750 vagas.
Dentre os funcionários da obra, está a eletricista industrial, Aurelina Montenegro, moradora do bairro Gleba A. Ela fez o curso através do programa de capacitação oferecido pela Prefeitura aos beneficiários do Bolsa Família e já trabalhou na construção dos condomínios Morada dos Pinheiros, Lucaia e Penha, todos na sede do Município.
Segundo a eletricista, o curso oferecido pela administração municipal ajudou a transformar radicalmente a vida dela, que antes trabalhava como auxiliar de escritório. “Isso é muito importante para mim, porque estou conquistando o meu espaço, em uma área que era predominantemente masculina e tenho uma renda bem melhor”, declarou. Além do curso de eletricista, Aurelina fez capacitação para pedreira e azulejista e montador de andaime.
 O EMPREENDIMENTO
Construído em uma área de 600 mil metros quadrados, o empreendimento esta dividido em três condomínios com 500 habitações cada e representa investimento na ordem de R$ 90 milhões.
Os três condomínios obedecem ao mesmo padrão construtivo, com módulos de oito sobrados divididos entre térreo e pavimento superior. Um dos condomínios é construído com cerâmica estrutural (bloco), enquanto os outros dois são feitos com paredes de concreto, moldadas no próprio local. Mais rápida, a construção em concreto permite construir um módulo por dia.  
Finalizada a etapa de construção dos imóveis, a construtora responsável pela obra vai realizar o revestimento cerâmico, pintura e acabamento interno, além de implantar toda a infraestrutura do condomínio, com instalação de rede de água e esgoto, obras de drenagem e pavimentação, além dos serviços de iluminação e urbanização.
As novas habitações são destinadas as pessoas que se cadastraram no programa Minha Casa, Minha Vida e possuem renda mensal de até R$ 1.600,00. Os sobrados dispõem de 40 metros quadrados, com dois quartos, sala, banheiro e cozinha.
O PROGRAMA
Com as novas habitações do Minha Casa Minha Vida 2, Camaçari chega à marca de 5.415 imóveis construídos através do programa federal. Na primeira edição do programa, o Município ganhou 3.915 unidades, das quais, 1916 serão destinadas ao reassentamento das pessoas que vivem em área de risco, à beira do Rio Camaçari, na sede.
Do total de habitações do Minha Casa Minha Vida 1, 511 unidades do Condomínio Residencial Parque São Vicente já foram entregues, 1.416 estão prontas e 1.988 em fase final da obra, sendo que o Condomínio Mutá esta com 98% da obra concluída e o Algarobas 1,2 e 3 com 80% da obra adiantada.




Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here