Serviço de mototáxi será fiscalizado - Noticias, Eventos e Entretenimento!

Breaking

sexta-feira, agosto 26, 2011

Serviço de mototáxi será fiscalizado



Representantes da administração Municipal e da Polícia Militar se reuniram sexta-feira (26/08), na sala de reuniões da Segov (Secretaria do Governo), para discutir a fiscalização dos mototaxistas. As ações começaram com as blitze educativas e, na última sexta-feira (19/08), foi dado início às ações ostensivas.
Realizadas através da operação conjunta entre a STT (Superintendência do Trânsito e Transporte), a Coordenação da Fiscalização Integrada e o 12º Batalhão da Polícia Militar, as ações visam garantir a segurança da população, uma vez que há um número crescente de motos clonadas no Município, inclusive com condutores sem habilitação.
O superintendente do Trânsito e Transporte do Município, Anderson Santos, informou que a partir de segunda-feira (29/08), a STT vai iniciar o processo de confecção de crachá de identificação para os 362 mototaxistas cadastrados pela Prefeitura. A finalidade é aumentar ainda mais a segurança para os prestadores do serviço e para os usuários. Ele ainda observou que, por se tratar de uma ação conjunta, “a operação de combate ao serviço clandestino de mototaxis vai dar certo”.
Parceiro da iniciativa, o comandante do 12º Batalhão, tenente-coronel Demósthenes Luiz de Souza Pereira, informou que há infratores entre os condutores das motos clandestinas. Já o secretário do Governo, Francisco Franco, fez questão de deixar claro que a intensificação das blitze “pretende garantir a segurança de toda a população, especialmente a que utiliza o serviço”.
Na avaliação da secretária do Desenvolvimento Social, Jailce Andrade, a ação conjunta vai contribuir para aumentar a sensação de segurança na população, que vai perceber que a administração municipal e a polícia estão agindo. No entanto, ela salientou que a participação da população é essencial. “As pessoas também podem colaborar utilizando o serviço de mototaxi com pessoas credenciadas”, frisou.
Para verificar se a mototaxi é credenciada, o passageiro deve observar a existência do selo de vistoria da STT no tanque da motocicleta e verificar se o condutor possui dois capacetes verdes com a mesma numeração plotada no equipamento, além do colete verde. A partir de outubro, o passageiro vai contar ainda com o suporte do crachá de identificação do mototaxista legalizado.
Para fazer o crachá, o mototaxista deve comparecer à STT, a partir de segunda-feira (29/08), munido da carteira de identidade. O crachá será entregue no prazo de 72 horas após a solicitação e não terá custo algum para o mototaxista. 
Também participaram da reunião o coordenador da Fiscalização Integrada, José Carlos Souza, e o diretor de Transportes da STT, Antônio Jambeiro
Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here