Camaçari inaugura primeiro Centro de Inovação e Tecnologia Ambiental do País - Noticias, Eventos e Entretenimento!

Breaking

quinta-feira, agosto 25, 2011

Camaçari inaugura primeiro Centro de Inovação e Tecnologia Ambiental do País



Camaçari conta com o primeiro Centro de Inovação e Tecnologia Ambiental (Cita) do país. A unidade, parte integrante da Cetrel S.A, empresa de proteção ambiental, foi inaugurada quinta-feira (25/08) em cerimônia que contou com a presença do governador Jaques Wagner e do secretário da Administração de Camaçari, Ademar Delgado. O secretário representou o prefeito Luiz Caetano, que está em viagem ao exterior.
O Centro, que tem por finalidade transformar resíduos industriais em novos produtos, consolida ainda mais o desenvolvimento do Município, que atrai cada vez mais empreendimentos e gera emprego e renda para a população.
Para o secretário da Administração, Ademar Delgado, o Cita é muito importante por estar pautado nos princípios básicos da sustentabilidade. “Estamos investindo na formação das pessoas para que tenham condições de serem inseridas nesse novo contexto”, lembrou o secretário, fazendo referência à instalação de um campus da UFBA no Município e aos cursos tecnológicos oferecidos pelo IFBA.
Durante a cerimônia, o governador Jaques Wagner disse ter feito questão de estar na inauguração por acreditar em projetos ecologicamente corretos como o Cita, que traz desenvolvimento com sustentabilidade. “Este é um desafio que devemos encarar com seriedade, construir caminhos que gerem empregos, mas que garantam a sustentabilidade do planeta”, frisou o governador.
O diretor presidente da Cetrel, Ney Antonio Silva, ressaltou que o Cita traz um sopro de vida aos investimentos da empresa na área de valorização de resíduos. “Nós focamos na busca de soluções com sustentabilidade”, ressaltou o gestor.
 CITA
O Centro de Inovação e Tecnologia Ambiental (Cita) está instalado em uma área de 2,5 mil metros quadrados no Pólo Industrial de Camaçari e abriga diversos laboratórios, além de possuir áreas específicas para a implantação de modernas plantas-pilotos. A iniciativa representa um investimento de R$ 15 milhões.
O trabalho do Cita será desenvolvido em diversas linhas de pesquisa, entre elas a utilização de biocompósitos (materiais produzidos a partir de resíduos industriais) e a recuperação de materiais como enxofre e metais preciosos. Um dos produtos resultantes desse projeto será a madeira plástica, que utiliza resíduos sólidos de fibra natural e resinas da Braskem, empresa parceira da Cetrel.
PRESENÇAS
Também participaram do evento o secretário do Desenvolvimento Econômico do Município, Hélio Cortes, a diretora-presidente da Limpec, Lezineide Andrade, o deputado estadual Bira Coroa, além do secretário de Indústria, Comércio e Mineração do Estado, James Correia, a chefe da Casa Civil do governo da Bahia, Eva Chiavon, o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Câmera, e o presidente do Conselho de Administração do Cofic e vice-presidente da Braskem, Manoel Carnaúba.
Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here