Professores de música do Município recebem as primeiras orientações do maestro - Noticias, Eventos e Entretenimento!

Breaking

terça-feira, abril 05, 2011

Professores de música do Município recebem as primeiras orientações do maestro



Mais um grande sonho em Camaçari começou a se tornar realidade ontem, com o primeiro ensaio da Orquestra Sinfônica Popular Brasileira, no Teatro da Cidade do Saber. A iniciativa é resultado do projeto de Iniciação Musical a partir de Instrumentos de Orquestra da rede de ensino municipal, que inicialmente vai beneficiar cerca de 5.200 alunos.O projeto integra o Programa de Iniciação Musical da Seduc (Secretaria da Educação), iniciado no ano passado com aulas de Canto e Coral e com a criação do coral Pequenas Vozes, composto por alunos da rede municipal. Ao todo, 47 professores e instrumentistas compõem a orquestra e dão aulas em 14 Pólos (escolas) Musicais. A iniciativa é um antigo desejo da atual administração municipal e tem como meta oferecer, através da arte e da cultura, ferramentas que auxiliem no processo de aprendizagem dos alunos e estimulem a permanência dos estudantes nas escolas. De acordo com a Seduc, a expectativa é estender o projeto para todas as escolas da rede municipal. Para o maestro Bira Marques, responsável pela orquestra e iniciação musical dos alunos, a iniciativa vai mudar a realidade da educação do Município. “Este é um dos maiores projetos de educação musical do Norte/Nordeste”, ressalta. O professor de violino e um dos componentes da orquestra, Saulo José, se sente orgulhoso em fazer parte do projeto. Morador do Município, ele ressalta que a música transforma a vida das pessoas e “mantém os jovens longe da violência e das drogas”.
PÓLOS MUSICAIS

Dos 14 Pólos Musicais, quatro são na orla e os demais na sede do Município. Há ainda um pólo especial, o da Cidade do Saber, onde ficam alojados instrumentos especiais como piano, oboé, fagote, violoncelo, violino e violas. Na sede, os pólos ficam instalados nas escolas municipais Professora Maria José de Matos, no bairro da Gleba B, Centro de Educação Municipal Camaçari (CEMC), no Phoc II, Virgínia Reis Tude, na Piaçaveira, do Natal, no bairro Natal, Félix Joaquim de Moraes, no Camaçari de Dentro e o Alberto Ferreira Brandão, na Gleba H. Há ainda as escolas Reitor Edgar Santos, na Gleba A, Helena Celestino de Magalhães, no Gravatá, Luís Pereira Costa, no Dois de Julho, e a Yolanda Pires, no Jardim Limoeiro, que também funciona como pólo sinfônico, ou seja, agrupa diversos tipos de instrumentos, como de metais, madeira e percussão. Na orla, os pólos musicais ficam nas escolas Amélia Rodrigues, em Monte Gordo, Américo Ferreira, em Barra do Pojuca, Tancredo Neves, em Jauá, e Marquês de Abrantes, em Vila de Abrantes, sendo este último, um pólo sinfônico.
Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here