Curso forma 20 beneficiários do HBB - Noticias, Eventos e Entretenimento!

Breaking

quarta-feira, agosto 25, 2010

Curso forma 20 beneficiários do HBB

Qua, 25 de Agosto de 2010




A Prefeitura de Camaçari não se preocupa apenas em realizar obras, e por isso desenvolve atividades sociais e de qualificação para as pessoas que moram no Município.
Graças a esta política, 20 pessoas do bairro Nova Vitória se formaram no curso profissionalizante de telemarketing. A cerimônia foi realizada terça-feira (24/08).
Os concluintes, que têm idade entre 14 e 30 anos, estão inseridos no Programa Habitar Brasil – Banco Interamericano de Desenvolvimento (HBB/BID).
O HBB prevê a construção de 166 moradias para as pessoas do bairro residentes na beira do rio e em áreas de risco, além de melhorias habitacionais, construção de unidades sanitárias, curso de qualificação, formação profissional, atividades educativas e esportivas.
Cerca de 60 pessoas já passaram por capacitação na área de telemarketing, customização e fabricação de doces e salgados, além de participarem de atividades como oficina de capoeira.
Atualmente, outras 35 crianças e adolescentes participam de oficina de dança e escolinha de futebol. A meta é atender 504 pessoas com as ações sociais.
A jovem Janeide Glecia dos Santos, 20 anos e mãe de dois filhos, é uma das beneficiadas pelo curso de telemarketing. Ela será contemplada com uma casa que está sendo construída no próprio bairro em que mora.
“Ganhei um pacote completo. Tenho certeza que esse programa vai melhorar a vida de todos nós. Sei que tive a oportunidade de ter uma vida mais digna”, disse Janeide .  
O secretário da Habitação (Sehab), Djalma Machado, participou da cerimônia de formatura dos alunos do curso de telemarketing e os parabenizou pela vitória.
O chefe da pasta da habitação pediu aos formandos que se cadastrem no SineBahia para concorre à uma vaga no mercado de trabalho.
A pernambucana Maria Eliene de Sá, 30 anos, moradora de Camaçari há dois, no bairro Nova Vitória, observou que a iniciativa é bastante positiva e deveria ser copiada por todos os municípios brasileiros.
“Se eu tivesse tido esta oportunidade na minha cidade natal, com certeza não estaria hoje, aos 30 anos, com a carteira de trabalho em branco”, concluiu.
Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here