terça-feira, agosto 26, 2014

Alunas de GR conquistam medalhas em Torneio de Escolinhas



45 educandas de Ginástica Rítmica da Cidade do Saber/Sedel ganharam mais do que experiência no Torneio da Amizade/Divisão Escolinhas, primeira competição formal que participam. O campeonato aconteceu no sábado (23/08), em Salvador, e resultou em medalhas e lugares no pódio para as representantes de Camaçari.
Três conjuntos conquistaram posição de destaque na competição. O grupo juvenil, formado por cinco alunas da professora Tânia Lyrio, ficou em segundo lugar na modalidade cinco arcos. Já os conjuntos infantil e juvenil, da professora Priscila Santos, garantiram o terceiro lugar nas modalidades cinco bolas e cinco arcos, respectivamente.
Foi durante a apresentação das performances individuais, porém, que um talento camaçariense conquistou uma medalha de ouro. A estreia de Helena Lima, 14 anos, não poderia ser melhor. “Eu me concentrei bastante e procurei executar todos os movimentos com a maior perfeição possível, mas admito: ganhar em primeiro lugar foi uma grande surpresa. Estou muito feliz”, conta.
A alegria estampada no rosto das pequenas atletas também é percebida nas educadoras. Para Tânia, o sentimento é de dever cumprido. “O resultado foi muito positivo, principalmente levando em consideração o fato de nunca terem competido antes. As meninas deixaram o nervosismo de lado e alcançaram o objetivo”, avalia. Priscila endossa as palavras da colega. “Elas superaram as expectativas e mostraram que tem futuro no esporte. Estão de parabéns”, diz. 
Ao todo, o Torneio de Escolinhas contou com a participação de atletas de nove instituições diferentes, vindas de toda a Bahia. No placar geral, a Cidade do Saber/Sedel ficou em primeiro lugar, empatada com a equipe de Eunápolis. 
-- 
Wesley Sobrinho | Ascom-CDS 

Aulas Temáticas: Alunos da Escola Alberto Brandão comemoram Dia do Folclore




Na última sexta-feira (22/07), o folclore brasileiro foi celebrado com programação especial para os alunos de 1ª a 5ª série da Escola Alberto Brandão, uma das unidades de ensino contempladas com o Projeto Aulas Temáticas, realizado pela Seduc e gerido pela Cidade do Saber.

Durante a manhã, apresentações de dança, capoeira, cirandas e samba de roda foram realizadas na escola. “Foi muito bom participar e aprender mais sobre as lendas populares do nosso país”, revela Eduardo Silva, de 7 anos, que encenou o personagem Bumba Meu Boi.

Os figurinos de dança, assim como do Bumba Meu Boi, foram confeccionados pelos próprios educadores e educandos. Para a professora Juliana Santana, “resgatar e manter a cultura através de manifestações como esta é de extrema importância”.  Segundo o professor Katson Freitas, atividades práticas devem marcar a data. “O aluno precisa viver isto. Há um ganho muito maior quando a escola se mobiliza e inclui os alunos na construção das ações ”, conclui.

--

Janine Brandão / Ascom CDS

256 anos - Camaçari comemora aniversário em grande estilo!



O Festival é realizado de 21 a 28 de setembro e terá como principais atrações: TITÃS, ROUPA NOVA E HARMONIA DO SAMBA! O evento promove atividades culturais como exposições, artes plásticas, publicações literárias, oficinas de danças, baterias e 20 atrações musicais. Essa é a terceira edição do festival, em 2013 a atração de destaque foi a banda Frejat, em 2012 Nando Reis. A estimativa de público para este ano é de 25 mil pessoas. 

sexta-feira, agosto 22, 2014

Alunos se preparam para o Femec


Para conquistar o público do VI Festival de Música Estudantil de Camaçari – Femec, os alunos da Escola Municipal Catu de Abrantes, na orla do Município, ensaiam a todo vapor. Os estudantes apostam na mistura de ritmos para disseminar a cultura, a preservação da natureza, religiosidade, dentre outros temas.
Durante o evento, que acontece no dia 29 de agosto, na praça da Simpatia, o grupo vai representar a escola com a canção Misturas – Som da Cultura,composição pop de Ryan Martins, de 13 anos. O grupo é formado por três alunos, Tatiele Oliveira e Bruno Ribeiro, de 17 e 18 anos, são os cantores e Larissa Martins, de 16 anos, toca violão.
Apesar de a equipe ser pequena, temos muito a mostrar com a nossa música. “Espero que o público se encante e que eles possam compreender o que queremos passar através da nossa música”, ressaltou a estudante Tatiele Oliveira.
Na reta final dos ensaios, que começou em meados de julho, os estudantes afirmaram que o festival promove a integração com estudantes de outras instituições.
Parte da matriz curricular de Camaçari, o ensino de música se tornou obrigatório em todas as escolas de educação básica do país, a partir da Lei Federal nº 11.769/2008. No município, o conteúdo é ministrado por professores de artes.
Com o tema Os Sons da Cultura, o Femec visa despertar o talento e estimular a cultura musical dos estudantes da rede pública de ensino, além de descobrir novos talentos e promover o intercâmbio entre as escolas da sede e orla do Município. Ao todo, 13 escolas participam do evento, sendo oito representantes da sede e cinco da orla. 

Espetáculo Azul Resplendor chega a Camaçari


A população de Camaçari terá a honra de celebrar os 60 anos de carreira e 80 de vida da atriz Eva Wilma - um dos maiores nomes da televisão brasileira - durante o espetáculo Azul Resplendor, que entra em cartaz dia 28 de agosto, às 19h, no Teatro Cidade do Saber.
O espetáculo, uma comédia dramática escrita pelo peruano Eduardo Adrianzén, é uma homenagem ao mundo do teatro, pois retrata sem retoques o duro ofício de ser ator. Além de Eva Wilma, estão no elenco os atores Renato Borghi, Guilherme Weber, Luciana Borghi, Débora Veneziani e Felipe Guerra.
Gratuita e com classificação etária de 14 anos, a peça faz parte do projeto de Mediação Cultural, que oferece ingressos para instituições culturais e educacionais. Será disponibilizada ainda uma cota de 250 ingressos para a população no dia do espetáculo, a partir das 14h, na bilheteria do teatro. Vale ressaltar que só serão entregues duas unidades por pessoa.
EVA WILMA
Durante os 60 anos de carreira artística, Eva Wilma participou de mais de 60 trabalhos na TV, entre minisséries, seriados, teleteatros e novelas, além de ter atuado em 28 peças e 24 filmes.
Segundo a atriz, o entusiasmo de interpretar a peça Azul Resplendor é o mesmo de quando atuou pela primeira na peça Uma Mulher e Três Palhaços, encenada no Teatro de Arena, entre os anos de 1953 e 1954.
Na pele de Blanca Estela Ramirez (ex-atriz, entre os anos 70 e 80 anos), Eva Wilma interpreta uma diva considerada uma das maiores estrelas de seu tempo, que deixou os palcos há exatamente 30 anos, no auge da carreira, sem dar explicações. Desde então, vive só e reclusa.
Seu retiro voluntário será abalado pela visita inesperada de seu maior fã, que a procura para realizar o sonho de subir ao palco ao lado dela. No apagar das luzes, a grande dama do teatro nacional terá de enfrentar a performance mais importante da vida.
 ESPETÁCULO
As pessoas sempre querem saber o que se passa fora dos holofotes e o texto da peça é pródigo na revelação dessa “intimidade” de camarim. Em uma época de culto às celebridades, Azul Resplendor trata de maneira crítica e bem humorada o ávido interesse que o público tem dedicado à vida privada dos artistas.
A peça trata das relações complexas que se estabelecem entre os artistas durante a criação de um espetáculo: os jogos de poder, os afetos, as ambições, as frustrações e etc. A obra abre aos espectadores as entranhas do teatro, o que realmente acontece no mundo dos bastidores. 

quarta-feira, agosto 13, 2014

A divertida montagem “As Rimas de Catarina” entra em cartaz no TCS




Foto: Heder Novaes
















No dia 26/08 (terça-feira), às 15h, “As Rimas de Catarina” entra em cartaz no Teatro Cidade do Saber (TCS). Inspirado na famosa montagem “A Torta e o Pastelão”, um clássico do teatro cômico da Idade Média, o enredo propõe uma viagem por um mundo de faz-de-conta e promete muitas emoções.
A estória se passa em torno do encontro da meiga Catarina, pasteleira que trabalha noite e dia fazendo doces e salgados para seu cruel patrão Leopoldo, com o saltimbanco Pirulão e o seu parceiro Disposto – um boneco encrenqueiro que se recusa a trabalhar de barriga vazia. Juntos, vivem incríveis aventuras que transformam completamente a vida da garota.  
“As Rimas de Catarina” tem direção de João Lima, texto de Ilma Nascimento e interpretação dos atores Jorge Baía e Bira Freitas, que dão vida aos diversos personagens que compõem a peça, apoiados na técnica do teatro de animação.

Foto: Heder Noaves

A apresentação faz parte do Projeto de Mediação Cultural, um programa de formação em artes cênicas voltado para escolas públicas, ONGs e associações comunitárias de Salvador, Camaçari, Dias D’Ávila e Simões Filho. Realizado pela Realejo Projetos e coordenado pela Caderno 2 Produções Artísticas, o projeto tem patrocínio da Braskem e do Governo do Estado da Bahia, através do Fazcultura, e conta com a parceria da Cidade do Saber.
Entradas – Para a população interessada em prestigiar o espetáculo, serão disponibilizados 50 ingressos gratuitos que poderão ser retirados na bilheteria do TCS no dia do espetáculo, a partir das 14h.


Serviço
O quê? Espetáculo "As Rimas de Catarina"
Quando? 26/08 (terça-feira), às 15h
Onde? Teatro Cidade do Saber
Quanto? Gratuito (Projeto de Mediação Cultural)
Classificação: Livre

--
Mariane Sena/Ascom CDS

Espetáculo “Barrinho, o Menino de Barro” se apresenta Hoje no TCS



Vencedor do Prêmio Braskem de Teatro 2013 na Categoria Melhor Espetáculo Infanto-Juvenil, “Barrinho, o Menino de Barro” entra em cartaz no Teatro Cidade do Saber (TCS)  nesta quarta-feira (13/08), às 10h e às 15h. A peça é baseada na obra “Barrinho”, da poetisa, escritora e professora baiana, Mabel Velloso.
Tudo começa quando um menino modela um boneco de barro que se torna o seu brinquedo preferido. Em uma noite de lua cheia, o menino deseja profundamente uma companhia, alguém com quem possa conversar, e então olha para o céu e pede um irmão. Como num passe de mágica, o brinquedo ganha vida e começa a falar.

Foto: Nilson Rocha
Com quatro atores e quatro bailarinos em cena, a montagem possui duas ações: os bailarinos, além de contribuírem com coreografias que remetem ao universo baiano, participam também da montagem do cenário, auxiliam na troca de figurinos e compõem as cenas como personagens. A segunda ação é a inserção da Língua Brasileira dos Sinais (Libras), de forma leve e criativa.
A apresentação faz parte do Projeto de Mediação Cultural, um programa de formação em artes cênicas voltado para escolas públicas, ONGs e associações comunitárias de Salvador, Camaçari, Dias D’Ávila e Simões Filho. Realizado pela Realejo Projetos e coordenado pela Caderno 2 Produções Artísticas, o projeto tem patrocínio da Braskem e do Governo do Estado da Bahia, através do Fazcultura, e conta com a parceria da Cidade do Saber.
Entradas – Para a população interessada em prestigiar o espetáculo, serão disponibilizados 50 ingressos gratuitos que poderão ser retirados na bilheteria do TCS no dia do espetáculo, uma hora antes de cada apresentação, às 9h e às 14h, respectivamente.
Serviço
O quê? Espetáculo Infantil ‘Barrinho, O Menino de Barro’
Quando? 13/08 (quarta-feira), às 10h e às 15h
Onde? Teatro Cidade do Saber
Quanto? Gratuito (Projeto de Mediação Cultural)
Classificação: Livre

--
Mariane Sena/Ascom CDS

Prefeitura realiza projeto Bairro Empreendedor em Monte Gordo



O projeto Bairro Empreendedor realiza nesta terça-feira (12/08), às 18h30, o primeiro encontro com micro e pequenos Empreendedores de Monte Gordo. O evento é aberto ao público e acontece na Associação de Moradores do Distrito, localizada na Praça Conselheiro Rafael Vieira.
A iniciativa da Sedec (Secretaria do Desenvolvimento Econômico) oferece capacitação e prestação de serviços de consultoria no intuito de fortalecer e desenvolver a economia local, por meio do comércio dos bairros.
Durante o encontro será apresentado para a comunidade o projeto Bairro Empreendedor e os serviços que serão oferecidos por meio das empresas parceira, a exemplo da oferta de crédito, cursos e orientações sobre abertura de empresa.
Participam do evento representantes das secretarias da Fazenda, da Saúde e do Desenvolvimento Urbano, além do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial), da CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas) de Camaçari, da ACEC (Associação Comercial e Empresarial de Camaçari), do CrediBahia (Programa de Crédito da Bahia), da Uneb (Universidade do Estado da Bahia), da Caixa Econômica e do Banco do Nordeste.
O Bairro Empreendedor já beneficiou as comunidades de Fonte das Águas, em Arembepe. No dia 20 de agosto, o projeto contempla o bairro Nova Vitória, na sede do Município.

Centro Educacional Barra do Pojuca festeja 30 anos


Fundada em 1984, o Centro Educacional Barra do Pojuca, comemora no dia 15 de agosto, 30 anos de existência dedicados a educar crianças, jovens e adultos do Município. A celebração vai ocorrer durante o dia todo.
Pela manhã, alunos, professores e funcionários vão confraternizar ao som das bandas Quase Lindos e Fogo de Lenha. Às 12h30, haverá um almoço para funcionários, professores e autoridades do Município e a tarde, será exibido um vídeo que conta a história do Centro Educacional e feita a apresentação da banda de percussão Afroaxé, composta por alunos da instituição.
Atualmente o Centro conta com 2.100 alunos divididos nos três turnos e que cursam turmas da educação Infantil, Ensino Fundamental e EJA (Educação para Jovens e Adulto).
Além do ensino regular, a escola conta com os projetos Talento na Escola e Mais Educação. O primeiro, destinado para alunos do Fundamental II, oferece aulas de música, danças e teatro. Já no segundo, os alunos ficam na unidade em tempo integral, em um turno realizam o estudo regular e no contraturno atividades como letramento e alfabetização, reforço escolar, capoeira, hip hop, leitura, taekwondo, jiu jitsu, judô, karatê, atletismo, corrida de orientação, ciclismo e educação ambiental.
O centro está localizado na rua Elizio Neto, s/n, em Barra do Pojuca. Ao longo dos 30 anos a instituição já formou mais de 30 mil alunos.

quinta-feira, julho 31, 2014

Camaçari vai sediar 12 partidas do Campeonato Brasileiro de Futebol 7


Camaçari vai sediar 12 partidas do Campeonato Brasileiro de Futebol 7, neste final de semana. Os jogos são dos Grupos C e D e serão realizados no Clube Social, na avenida Jorge Amado, a partir de sexta-feira (01/08), às 18h. A entrada é gratuita.
A competição é a maior e mais importante do país na modalidade e conta com as 32 principais equipes do Brasil. As partidas realizadas no domingo (03/08) serão transmitidas pela televisão, através do Canal Esporte Interativo, TV Litorânea Canal 24, Claro TV, Oi TV, dentre outros. As finais estão previstas para o dia 5 de outubro.
De acordo com a treinadora do Camaçari F7, Dilma Mendes, a realização da competição no Município representa um marco histórico para o esporte camaçariense. “Nunca houve um campeonato de futebol desse porte com equipes de renome em nossa cidade. Vale destacar que para participar tivemos que ser campeão estadual no ano passado”, afirmou.
A técnica também ressaltou que a equipe de Camaçari é formada por atletas oriundos do Município. São 20 jogadores dos bairros Parque das Mangabas, Dois de Julho, Arembepe, Phoc I e II, Camaçari de Dentro, Burissatuba, Gleba B e C, entre outros. “Nos baseamos na metodologia da autoestima, porque entendemos que o esporte é um dos únicos meios de formar ídolos e cidadãos e uma forma de manter os jovens distantes das drogas, um mal que tem destruído a nossa sociedade”, completou. 
Outros dois municípios também sediarão o campeonato, Conselheiro Lafaiete, em Minas Gerais e Camaquã, no Rio Grande do Sul. Organizada pela CBF7 (Confederação Brasileira de Futebol 7), a competição tem o apoio da Prefeitura, através da Sedel (Secretaria do Esporte e Lazer).