Projeto Caminhão da Cultura oferta diversas atividades artísticas

Projeto Caminhão da Cultura oferta diversas atividades artísticas

Atendendo a pedidos da comunidade do Canto dos Pássaros, localizada na Cetrel, o projeto Caminhão da Cultura segue na localidade até sexta-feira (02/12), das 14h às 17h. Em função disso, a ação que estava prevista para começar na quinta-feira (01/12) na localidade de Barra do Pojuca, foi transferida para a próxima semana, entre os dias 6 e 9 de dezembro.
No Canto dos Pássaros, desde a terça-feira (29/01), o Caminhão da Cultura está localizado na praça principal com atividades de dança, grafite, teatro, apresentações artísticas, oficinas de música e contação de histórias. Na sexta-feira, será realizada uma apresentação dos trabalhos desenvolvidos durante a semana.
Dentre os objetivos do projeto estão o de possibilitar o acesso à cultura a comunidades distantes e contribuir para a formação de cidadãos em bases democráticas e de respeito aos valores sociais e coletivos. A ação possibilita ainda o desenvolvimento cultural e intelectual das comunidades para o exercício da cidadania.
O projeto é executado em uma unidade móvel, mais especificamente em um caminhão-baú que tem capacidade de ofertar as diversas atividades culturais. A ação é destinada a estudantes e comunidade em geral. Para participar é necessário realizar inscrição prévia no local mediante apresentação do documento de identidade e comprovante de residência. Os menores de 18 anos devem estar acompanhados dos pais ou responsável legal.
A ação é promovida pela Prefeitura, por meio da Secult (Secretaria da Cultura), e já contemplou a localidade de Arembepe. A iniciativa ainda será realizada em Barra do Pojuca e Catu de Abrantes.

Jovens fazem juramento à bandeira

Jovens fazem juramento à bandeira


Cerca de 300 jovens participaram na manhã desta quarta-feira (30/11) da solenidade de juramento à bandeira e dispensa do serviço militar, realizada no Ginásio de Esportes da Cidade do Saber. Os reservistas fizeram os votos ao principal símbolo sagrado da Nação Brasileira.
A cerimônia foi conduzida pelo sargento do exército Altair Mendes, chefe de instrução dos atiradores do Tiro de Guerra de Camaçari, que falou sobre a importância do juramento. “É um ato constitucional em que os jovens juram defender a pátria, independente de ter feito o serviço militar, com o sacrifício da própria vida”, explicou.
O ato aconteceu para os jovens que nasceram em 1998 e anos anteriores. Após o juramento à bandeira, eles receberam o CDI (Certificado de Dispensa de Incorporação), no entanto, quem foi dispensado ainda pode ser convocado a defender a pátria, se necessário, até completar 30 anos.
Neste ano, cerca de 2.300 jovens de Camaçari se alistaram, mas apenas 50 prestarão o serviço a partir de março de 2017. O alistamento acontece anualmente entre os meses de janeiro e junho, após esse período o sistema online faz uma seleção geral dos que serão dispensados.
As solenidades de juramento à bandeira para os reservistas de 2016 aconteceram em diversas etapas ao longo do ano. Novas fases de seleção que definirão os próximos recrutas ainda serão realizadas para cerca de 600 jovens a partir de janeiro. Os últimos juramentos acontecerão nos dias 29 de março e 31 de maio de 2017.
Para o reservista Egly Alves de Andrade, 23 anos, “o momento é de muita importância porque mostra a cidadania, a civilidade do cidadão brasileiro e é uma maneira de defender a nossa pátria”, finalizou.


Projeto Caminhão da Cultura chega a Arembepe

Projeto Caminhão da Cultura chega a Arembepe


Até esta sexta-feira (18/11), crianças, jovens e adultos de Arembepe contam com uma ótima opção cultural, o projeto Caminhão da Cultura, que promove apresentações artísticas, oficinas de música, dança, grafite, teatro e contação de história para o público infantil. A ação é promovida pela Prefeitura, por meio da Secult (Secretaria da Cultura) de Camaçari.
Caminhão da Cultura está no Estacionamento da via principal de Arembepe, próximo ao campo de futebol Benildo Fernandes de Souza, mais conhecido como Bebé. A participação nas atividades é feita mediante inscrição prévia.         
Na segunda-feira (21/11), a iniciativa contempla Barra do Pojuca. O caminhão fica na localidade até sexta-feira (25/11) e segue para Barra do Jacuípe, onde fica de 28 de novembro a 2 de dezembro. Por fim, o projeto contempla os moradores da localidade de Catu de Abrantes, de 5 a 9 de dezembro, quando encerra as atividades culturais deste ciclo. As atividades culturais acontecem das 14h às 18h.        
Os interessados em participar das atividades devem comparecer ao caminhão nos dois primeiros dias em que estiver na localidade, munidos do documento de identidade e comprovante de residência para realizar a inscrição prévia. Os menores de 18 anos devem estar acompanhados dos pais ou responsável legal.
As atividades do Caminhão são divididas em três momentos, a divulgação e inscrição para as oficinas, nos dois primeiros dias, realização das oficinas, nos dois dias seguintes, e a mostra final, no último dia, ocasião em que ocorre a apresentação de todas as atividades produzidas no decorrer das oficinas.
A participação nas atividades promovidas pelo Caminhão da Cultura é aberta aos estudantes e a toda comunidade local.
Caminhão da Cultura é um projeto que visa proporcionar acesso à cultura para toda a população, especialmente os que moram mais distantes da sede. A estrutura do caminhão é uma unidade móvel adaptada com um palco para realizar as oficinas de contação de história e apresentações finais. Já as oficinas de música, teatro, dança e grafite acontecem na área em que estiver estacionado.

9ª Edição da Semana Global de Empreendedorismo em Camaçari

9ª Edição da Semana Global de Empreendedorismo em Camaçari


Com diversidade de serviços gratuitos e na programação, acontece no próximo sábado (19/11), a 9ª edição do Polo de Cidadania, das 9h às 15h, na área externa da Cidade do Saber. Com parceria da Prefeitura, o evento oferece atividades de saúde, educação, cultura, esportes, lazer e cidadania.
A expectativa é que cerca de quatro mil pessoas participem da ação. Dentre os serviços que serão oferecidos está atendimento odontológico, aferição da pressão arterial, corte de cabelo e documentação. A programação inclui também oficinas de alimentação e shows, dentre outras atividades.
O Polo de Cidadania é coordenado pelo Cofic (Comitê de Fomento Industrial de Camaçari) e conta ainda com a parceria do Sesi (Serviço Social da Indústria). Este ano, a iniciativa recebe o patrocínio da Braskem, Monsanto, BSC, Basf, Ultracargo, Cetrel, Bahiagás e Continental, que também estarão presentes com a oferta de serviços.

Estudantes de Camaçari debatem sobre negritude, educação e cidadania

Estudantes de Camaçari debatem sobre negritude, educação e cidadania

Como parte da programação do Novembro Negro nas escolas, marcado pelo Dia da Consciência Negra (20), o Colégio Estadual de Monte Gordo, no município de Camaçari (31 km de Salvador) promove, nesta quarta-feira (16), um debate sobre ‘Negritude, Educação e Cidadania’. O objetivo é fomentar reflexões sobre questões como preconceito e racismo, contribuindo para o fortalecimento da identidade étnico-racial dos estudantes.

A atividade contou com a participação do professor Crisângelo da Conceição, militante do Coletivo Quilombo. Ele destaca o papel da escola na promoção da igualdade. “A escola representa um importante veículo de transformação social, é um grande palco onde os seus atores se realizam coletiva e solidariamente. Percebi a garra dos estudantes do Colégio Estadual de Monte Gordo em transformar a sua realidade. Eles me pareceram aguerridos na construção de uma nova realidade para que o negro não seja abordado, julgado e sentenciado de morte por causa do racismo em uma sociedade em que o genocídio da população negra só aumenta”, acredita.

Para a diretora do Colégio Estadual Monte Gordo, Lícia Maria Andrade, a grande contribuição que estas discussões trazem é o sentimento de pertença para os estudantes. “A escola, como um dispositivo de transformação da realidade, convida os seus estudantes a buscarem conhecimento e, assim, se conscientizarem sobre a sua identidade negra, bem como se qualificarem para ingressar na universidade e voltarem para a sua comunidade como profissionais para difundir conhecimentos”, afirma.  

Atento à palestra, o estudante Alex Willian Costa, 16 anos, 2º ano, conta que sente “na pele” o preconceito racial e que a discussão sobre o assunto e outros ligados a questões sociais é importante para se adquirir conhecimentos e ter uma nova visão de mundo, principalmente no que se refere aos direitos humanos. “Estou adorando a palestra porque tem um caráter motivacional, trazendo reflexões sobre racismo e homofobia, que são temas muito presentes no nosso dia a dia”.

A colega Elen Oliveira, 16, 1º ano, se mostra preocupada com a persistência do racismo no mundo contemporâneo. “Quem é negro, como eu, sabe que existe uma diferenciação de tratamento, pela sociedade, quando se trata de uma pessoa branca ou uma negra. Existe uma discriminação de cor e a gente tem que abrir o olho, se conscientizar sobre a nossa identidade, se posicionar. Estou achando importantíssima esta palestra para que todos se conscientizem sobre seus direitos”.


Experiência que será apresentada na China é disseminada por estudantes em Simões Filho

Experiência que será apresentada na China é disseminada por estudantes em Simões Filho


Com a seleção para participar, no mês de dezembro, em Pequim, na China, do Be The Change Conference, o Grupo de Apoio e Conselhos (GAC), formado por estudantes do Colégio Estadual Hermes Miranda do Val, em Simões Filho, começa a difundir a experiência entre estudantes de outras escolas da rede estadual. Nesta terça-feira (8), o grupo participou de um encontro com alunos do Grêmio Estudantil e Líderes de Classe, do Colégio Estadual Reitor Miguel Calmon, também no município, e apresentou o projeto que busca enfrentar questões como bullying, preconceito e baixa autoestima nas escolas. Na oportunidade também foram socializadas ações do Clube de Ciência.  

O estudante Anderson Santos, 20 anos, contou que a experiência do GAC é enriquecedora. “O projeto motiva os participantes a dialogarem com os colegas incentivando o bom comportamento. Acho que a implantação desta ação no Miguel Calmon pode beneficiar a relação entre os próprios alunos, pois conseguimos atrair eles como amigos incentivando uma melhora na participação deles na escola”, conta.

Com o projeto Clube de Ciência, a estudante Letícia Silva, 16, acredita que pode incentivar o aprendizado de ciências e disciplinas relacionadas. “Posso ser um exemplo do Clube, porque não tinha nenhum interesse em Ciência, mas quando fui incentivada a participar mudei minha visão sobre o assunto e até fiquei mais motivada a estudar outras disciplinas. É uma experiência fantástica que pode ser implementada aqui sem sombra de dúvidas”, ressalta.

Conhecidos pela forte atuação na escola e na comunidade, o Grêmio Estudantil e os líderes de classe do Colégio Estadual Reitor Miguel Calmon, apresentaram ações realizadas na escola. “É importante sempre estarmos atuantes nas ações da escola e nos mobilizarmos para atrair a comunidade e os colegas para uma atuação mais ativa na unidade. Sempre propomos melhorias para a escola e, com certeza, essa troca de experiências nos traz um amadurecimento educacional muito grande”, explica o estudante Antônio Neto, 17, representante no Colegiado Escolar.

O encontro foi organizado pelas professoras Marta Caires, formadora do Ciência na Escola, e Milena Santos, coordenadora do Clube de Ciências. “O interessante é aproximar duas escolas distintas que podem realizar essa troca de experiências e mostrar que as ações realizadas pelos estudantes podem ultrapassar os muros, se tornando algo importante para outros colegas”, destaca a professora Marta. A professora Milena complementa: “Tenho certeza que sairemos com muitas ações positivas desta parceria, como a horta orgânica que já está sendo discutida para ser produzida no Colégio Estadual Reitor Miguel Calmon”.

GAC – O Grupo de Apoio e Conselhos, composto por um grupo de alunos de diferentes idades que, através do diálogo aberto com os colegas, encontram o caminho para mudar a realidade de toda a comunidade escolar no enfrentamento de questões como bullying, preconceito, baixa autoestima e outros, foi selecionado para participar, no mês de dezembro, em Pequim, na China, do Be The Change Conference. Representados pela estudante Rayssa Rodrigues, 12 anos, que cursa o 7° ano, e da educadora e idealizadora do projeto, Simone Bocaiuva, os participantes da conferência irão compartilhar projetos desenvolvidos em suas escolas e, também, participarão de oficinas, workshops e atividades culturais.  

Festival de Cultura e Arte reuniu milhares de pessoas

Festival de Cultura e Arte reuniu milhares de pessoas


Milhares de pessoas participaram do V Festival de Cultura e Arte de Camaçari, realizado na sede e na orla marítima do Município, entre os dias 24 e 30 de setembro. O evento movimentou a cidade com diversas apresentações de dança, teatro, música, literatura, cultura popular, hip hop, artes plásticas, poesia, literatura, música e fotografia.
Ao todo, 14 atrações levaram o público à praça da Simpatia na Virada Cultural (24/09) e no dia do aniversário de Camaçari, 28 de setembro. Dentre elas Saulo, Lenine, O Teatro Mágico, Baiana System, Dayna Lins, Afrocidade e Ely Nascimento.
Com objetivo de valorizar e salvaguardar a cultura camaçariense, 34 grupos de manifestações culturais foram inseridos no festival, como o Grupo de Capoeira Camugerê, a Associação de Capoeira Grande União, o Samba Chula Raízes do Passado e os grupos Eremim, Espermacete, Boi Bandido de Catu de Abrantes, Samba de Roda Nativas de Arembepe, Percussivo Sons do Timbal, dentre outros.
Durante o festival, a população participou de diversas atividades, como oficinas, feiras de artesanato e gastronômica, exposições fotográficas, apresentações de dança de capoeira, espetáculos teatrais nas praças Abrantes, da Simpatia e a Desembargador Montenegro, na Cidade do Saber, no Shopping Boulevard e nos teatros Alberto Martins e Cidade do Saber.
As atividades do Festival de Cultura e Arte de Camaçari contemplaram também os moradores do distrito de Vila de Abrantes, de Arembepe e de Barra do Pojuca, na orla, de Cordoaria, zona rural, e do bairro Santo Antônio, na sede do Município.

Isenção do IPTU, isenção até dia 31

Isenção do IPTU, isenção até dia 31

Termina no próximo dia 31 o prazo para os servidores efetivos, ativos ou inativos solicitarem a isenção do IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) 2017 para imóveis residenciais.
Para solicitar a isenção do imposto, o servidor municipal deve ir a uma das CAMs (Centrais de Atendimento Municipais). É preciso que ele tenha mais de três anos de serviço público e possuir e residir em um único imóvel. O funcionário deve apresentar cópias autenticadas da carteira de identidade e do CPF, dos comprovantes de residência e de propriedade do imóvel, da certidão de casamento ou de óbito - se for o caso - da inscrição imobiliária do imóvel, além das cópias das certidões de lançamento dos cartórios de registro de imóveis do 1° e 2° ofício da comarca do servidor e do cônjuge.
O servidor que já foi contemplado com a isenção do IPTU nos exercícios anteriores e quer renovar o benefício precisa apresentar apenas cópias autenticadas da carteira de identidade, do CPF e do comprovante de residência, da certidão de isenção do exercício de 2016 e da certidão de casamento ou óbito, se for o caso.
A isenção do IPTU pode ser solicitada pelos servidores municipais na CAM do Centro Administrativo e do prédio onde funcionava a Prefeitura Avançada da Orla, no distrito de Vila de Abrantes. O atendimento acontece das 8h às 12h.

Parque infantil da praça da Lua

Parque infantil da praça da Lua


Está pronto para ser desfrutado pela população um novo espaço de lazer que vai contribuir com a urbanização dos bairros Ficam e Gravata. A praça da Lua. Situada na rotatória da Lua, o equipamento público deve ser inaugurado em breve pela Prefeitura.
Construída com recursos municipais, a praça da Lua conta com parque infantil, bancos, paisagismo, rampas de acesso e piso tátil. As obras foram realizadas pela Seinfra (Secretaria da Infraestrutura).
GALERIA DE FOTOS

Região Metropolitana de Salvador Se Destaca Por Descarte Correto de Resíduos Sólidos, Mas Pode Avançar Na Reciclagem

Região Metropolitana de Salvador Se Destaca Por Descarte Correto de Resíduos Sólidos, Mas Pode Avançar Na Reciclagem

Em estudo que avaliou a situação da limpeza urbana em 1.721 cidades brasileiras, a Região Metropolitana de Salvador se destacou por suas políticas corretas de destinação de resíduos, mas a região pode avançar ainda mais, principalmente no que diz respeito à reciclagem de materiais. Para compor o ISLU (Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana) da região, foram analisados cinco dos 12 municípios que compõem a região: Salvador, Camaçari, Lauro de Freitas, São Francisco do Conde e Mata de São João. As cidades avaliadas pelo estudo são as que disponibilizaram os dados no SNIS (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento).

Todas as cidades analisadas destinam seus resíduos para aterros sanitários, locais preparados para o tratamento adequado dos materiais descartados. Outro ponto importante na pesquisa é a cobertura do serviço de limpeza, que registrou abrangência significativa na região. Nesse quesito, Mata de São João registrou o índice mais baixo, com 80% de cobertura para a população. Já na capital Salvador, a taxa é de 97%.

“Um dos objetivos com o ISLU é fazer com que os agentes responsáveis e a população reconheçam o serviço de limpeza urbana como parte fundamental do bem-estar e da saúde das cidades. Por isso, um dos principais critérios selecionados é a cobertura do serviço, que deve estar disponível para 100% da população”, explica Ariovaldo Caodaglio, conselheiro do Selur.

Um ponto importante analisado pelo ISLU é a existência ou não de autonomia financeira do setor de coleta de lixo. A falta pode impactar de forma negativa no serviço. Na Região Metropolitana de Salvador, Camaçari, Mata de São João e Salvador possuem maior autonomia financeira por conta da arrecadação específica para os gastos do setor. Trata-se de um aspecto positivo. A principal vantagem é garantir o sistema de limpeza, que não fica vulnerável às decisões orçamentárias.

Desafios
Assim como em outras cidades do Brasil, onde a média nacional é apenas 4,08%, a Região Metropolitana de Salvador registra taxas baixas de recuperação de resíduos. Em Salvador, Camaçari e São Francisco do Conde, os números de materiais reciclados não passam de 0,4%. Em toda a região, o melhor índice é de Lauro de Freitas, com 5,7%. Para comparação, em países como Japão, Canadá e Alemanha esses números podem chegar a 40%.

A fim de suprir a falta de informações sobre a limpeza urbana das cidades brasileiras e mapear os desafios para o cumprimento das recomendações da PNRS (Política Nacional de Resíduos Sólidos), o ISLU foi desenvolvido em parceria entre o Selur (Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana do Estado de São Paulo) e a PwC. Brasil.

A pesquisa leva quatro aspectos em consideração:
·         Engajamento do Município (população atendida x população total);
·         Sustentabilidade Financeira (despesas com a limpeza urbana x despesas totais);
·         Recuperação dos Recursos Coletados (material reciclável recuperado x total coletado);
·         Impacto Ambiental (quantidade destinada incorretamente x população atendida).

Impacto nacional
O ISLU gerou resultados em 1.721 municípios brasileiros com base nos critérios da PNRS, aprovada em 2010, e criou um termômetro onde aponta os problemas e soluções de cada local, caso a caso, com pontuação de zero a um. Os dados utilizados foram coletados na base de 2014 do SNIS.

“O ISLU não é um ranking de cidades limpas x cidades sujas. Os resultados dessa análise servirão de insumo para os gestores públicos e privados de limpeza urbana, assim como associações e a sociedade em geral, a tomarem as medidas necessárias a fim de atender as exigências da PNRS e fomentar um ambiente sustentável e saudável em seus municípios”, afirma o conselheiro do Selur.

“Para que um município tenha uma boa pontuação, ele deve apresentar bons resultados no conjunto total de indicadores utilizados. Com isso, o ISLU avalia uma série de informações consolidadas, sem trazer análises tendenciosas para o atendimento de apenas um aspecto da gestão da limpeza urbana”, explica Carlos Rossin, diretor da PwC Brasil e coordenador do estudo.
Confira o estudo completo no site do Selur.

Sobre o SELUR
O SELUR (Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana do Estado de São Paulo) é o órgão responsável por centralizar os esforços das empresas paulistas de limpeza urbana. A instituição representa o conjunto de ações fundamentais para a sociedade, que incluem coleta e transporte de resíduos sólidos, manutenção da limpeza pública, além do tratamento e destinação final do descarte feito pela comunidade – desde residências até estabelecimentos comerciais e hospitalares. O SELUR tem ainda o objetivo de divulgar informações tanto para a colaboração do setor com os gestores públicos como o de conscientizar os cidadãos comuns da relevância social, ambiental e econômica dos serviços prestados pelas suas associadas e seus milhares de colaboradores.

Sobre a PwC
Na PwC, nosso propósito é construir confiança na sociedade e resolver problemas complexos. Somos um Network de firmas presente em 157 países com mais de 208.000 profissionais comprometidos em oferecer qualidade em serviços de Auditoria e Asseguração, Consultoria de Negócios e Tributária. Para saber mais e nos dizer o que importa para você, acesse www.pwc.com.br.

PwC refere-se ao Network PwC e/ou uma ou mais firmas-membro, sendo cada uma delas uma entidade legal independente. Acessewww.pwc.com/structure para mais detalhes.

Projeto Pai Presente promove reconhecimento de paternidade

Projeto Pai Presente promove reconhecimento de paternidade


As pessoas que ainda não são legalmente reconhecidas pelo pai terão a oportunidade de assegurar esse direito, garantido por lei, através do projeto Pai Presente. A iniciativa é destinada para todas as faixas etárias e segue até 13 de outubro.
Para solicitar o reconhecimento da paternidade, é necessário apresentar os documentos dos pais e da criança no CEJUSC (Centro de Solução Consensual de Conflitos) de Camaçari, situado na rua 2 de Maio, no bairro 2 de Julho.   
 Após a solicitação, os pais devem aguardar o contato da equipe do projeto Pai Presente para agendar audiência de conciliação. Na oportunidade, o cidadão pode esclarecer dúvidas e dar entrada em processos de solicitação de pensão alimentícia e investigação de paternidade.
Realizada pelo TJ-BA (Tribunal de Justiça da Bahia), o projeto Pai Presente visa reduzir o número de indivíduos sem paternidade reconhecida no país. Mais informações através do telefone 3372-5167.

Inauguração da Unidade Básica de Saúde da PM em Camaçari



Os policiais militares de Camaçari e toda a RMS podem contar agora com uma Unidade Básica de Saúde – UBS, cujo papel será oferecer suporte médico, odontológico e psicológico aos policiais militares de Camaçari e toda a Região Metropolitana de Salvador, livrando-os da necessidade de ter que ir até Salvador para receber atendimentos.
A cerimônia de inauguração ocorreu na tarde de hoje (29), quando na visita do Comandante Geral da PM ao 12º BPM, Coronel PM Anselmo Brandão, e do Comandante do Policiamento Metropolitano, Coronel PM Luziel Andrade.  O evento teve inicio às 15h00 e contou também com as presenças do prefeito do município, Ademar Delgado, de comandantes de todas as unidades policiais militares da RMS, de oficiais e praças do 12º Batalhão e da Base Comunitária de Segurança de Camaçari – BCS, além de autoridades locais.